domingo, 22 de julho de 2018

Neymar pai discute com jornalista e nega festa no hotel que a seleção estava na Russia

Neymar pai, durante evento do Instituto Neymar Jr., em Santos
foto:reprodução
O pai do jogador Neymar, homônimo do filho jogador do PSG e da seleção brasileira, discutiu, gritou e ofendeu a repórter do jornal Folha de S. Paulo, Camila Mattoso, no sábado (21). O episódio foi tema da coluna de Juca Kfouri deste domingo, no mesmo jornal. 
Segundo relata a coluna, e comprova o áudio abaixo, o pai do jogador não gostou da pergunta que lhe foi feita sobre  uma suposta festa que teria sido feita por ele após o empate do Brasil com a Suíça, por 1 a 1, na primeira rodada da fase de grupos do Mundial, no hotel em que ele e a seleção estavam hospedados. O empresário foi avisado de que a conversa estava sendo gravada. 
“A festa que eu fiz foi com a sua mãe”, foi a resposta de Neymar pai ao ser indagado por Camila. Após insistência da repórter, a quem um sim ou não bastavam, o pai do jogador, ainda alterado, disse:  "Estou te respondendo, estava a sua mãe, seu pai, quem você quiser”. 
Sem gritar, Neymar pai seguiu:
“Cidadã. Não te dei meu telefone, não conheço você, não sei quem é você. Você não tem o direito de ligar para mim. Agora, você está me abordando com uma pergunta dessas? Eu não fiz festa nenhuma, deu para você entender? Quero saber quem é o mentiroso e se você quer vender jornal?” disse ele
Segundo o texto publicado pelo jornal, Camila Mattoso ouviu de três fontes diferentes que o empresário havia promovido uma festa no hotel. Kfouri relata ainda que o supervisor de seleções da CBF, Edu Gaspar, foi se queixar com Neymar pai sobre a festa e ouviu a resposta de que era melhor para Edu que o Brasil ganhasse a Copa, para que Alexandre Mattos, atual diretor do Palmeiras, não o substituísse na entidade. 
Vale ressaltar que fazer contato com uma pessoa no contexto de uma matéria jornalística é não apenas um direito, mas um dever do jornalista, que deve ouvir os diversos lados de uma história com o intuito de relatá-la com a maior isenção possível. 
fonte:ESPN
Compartilhar:

Eleições 2018: Já têm cinco candidatos confirmados ao Planalto


    foto:reprodução/divulgação

Os primeiros três dias de convenções nacionais, cinco candidatos a presidente da República foram confirmados pelos partidos políticos: Ciro Gomes (PDT), Paulo Rabello de Castro (PSC), Jair Bolsonaro (PSL), Guilherme Boulos (PSOL) e Vera Lúcia (PSTU).
Enquanto o PSOL e o PSTU lançaram a chapa completa, o PDT e o PSC ainda vão escolher os candidatos a vice-presidente.
Os convencionais do PDT aprovaram uma resolução autorizando a Executiva Nacional a negociar as alianças para o primeiro turno das eleições e o vice de Ciro Gomes. 
O PSC também vai articular um vice que agregue apoios, mas o candidato demonstrou disposição de ter uma mulher na sua chapa.
O PSOL formou uma chapa puro sangue: Sônia Guajajara será a candidata a vice de Boulos. O partido, no entanto, disputará as eleições de outubro coligado com o PCB, que realizou convenção na última sexta-feira e aprovou a aliança.
 O PSTU optou por não fazer coligações. O vice de Vera Lúcia será Hertz Dias.

Os partidos têm até o dias 5 de agosto para realizarem suas convenções nacionais. As candidaturas podem ser registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até 15 de agosto. 

fonte:Ag. Brasil c/adaptações
Compartilhar:

Eleições 2018: Bolsonaro oficializa candidatura, mas ainda não tem vice


 pré-candidato à Presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro e o senador Magno Malta durante ato de filiação ao PSL foto: (Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress/reprodução)
Apoiadores de Jair Bolsonaro compareceram na manhã deste domingo à convenção do Partido Social Liberal (PSL), que oficializou a candidatura do deputado à Presidência da República. Entre eles, o senador Magno Malta fez um discurso inflamado, em que defendeu alterações na Constituição para mudar a composição do STF: “é preciso que ponha mais dez lá”. “Precisamos de pessoas que amem a família”, prosseguiu. Há três semanas, aconselhado por Malta, Bolsonaro também defendeu a ideia em público.
Magno Malta chamou Bolsonaro de “Presidente da República”. Prometeu lealdade a ele no Senado, atacou FHC, a quem classificou de “arauto da legalização das drogas” “que prega a união PSDB-PT” para “enfrentar o monstro Jair Messias Bolsonaro”. Também fez questão de ressaltar que o candidato do PSL tem “sangue nos olhos para emparedar vagabundo”.
O senador também minimizou os efeitos do anúncio de sua desistência de ser vice, afirmando que não abandonou o aliado e que seria mais útil no Senado. “Todas as minhas decisões foram tomadas junto com Bolsonaro”, disse.





fonte:Veja
Compartilhar:

Motorista preso por engano no Rio desabafa: 'Sociedade racista'

Motorista preso por engano no Rio desabafa: 'Sociedade racista': Família do homem que foi encarcerado indevidamente investigou o caso e achou o paradeiro do verdadeiro assaltante
O motorista Antônio Carlos Rodrigues foi preso no dia 13 de julho sob suspeita de ter assaltado o Consulado da Venezuela no Rio, no início do mês passado. Nessa sexta-feira (20), uma semana depois de ser encarcerado na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte da cidade, ele deixou a prisão após a família dele achar o paradeiro do verdadeiro criminoso.
A confusão se deu por conta de uma suposta semelhança física entre os dois homens. O relatório da delegada Valéria Aragão afirma que os dois são carecas, com orelhas grandes, pontudas e voltadas para fora. Ela também citou a cor da pele, o formato do nariz e o formato da cabeça.
“Eles me pegaram com a roupa do corpo. Fiquei com essa roupa até ontem. Quando fui solto, eu tirei a camisa e joguei fora”, contou Antônio Carlos ao G1. “Lá não tinha dormido, não dormi, fiquei esses dias sem conseguir dormir”, relembrou.
O motorista de aplicativo disse ter dividido a cela com mais de 80 homens. “Eu estou com medo ainda. Tive medo lá dentro e estou com medo agora. Ruins, péssimos, horríveis, nojentos. Cada um faz o que quer da sua vida. No meu caso eu não procurei estar ali, fui colocado”, contou.
Diante da situação caótica, a família de Antônio Carlos decidiu não esperar por uma solução da polícia e investigar por conta própria quem era o verdadeiro ladrão. Foi então que descobriram que ele também já estava preso.
Assim que foi solto, o motorista desabafou: “Nunca mudou e nunca vai mudar: a sociedade foi e sempre vai ser racista, e a Justiça, cega e falha”.
A Polícia Civil e a delegada responsável pelo caso não se manifestaram.Informações do Estadão.
Compartilhar:

Eleições 2018: Lula se irrita com pressão de petistas do NE por apoio do PT a outra legenda


                             Gov. Rui Costa já se manifestou publicamente sobre o PT apoiar outro partido- foto:reprodução
O ex-presidente Lula não está gostando de ver petistas do Nordeste fazendo declarações públicas em defesa de apoio do PT a nome de outro partido na corrida para presidente da República. A cúpula da legenda insiste na tese de que o candidato, ou seja, o plano A, é Lula. No entanto, o próprio governador da Bahia, Rui Costa (PT), já se manifestou favoravelmente pelo apoio do PT a uma outra legenda.
De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, Lula se queixou a interlocutores por causa do que chama de pressão de governadores do PT por apoio a nome externo na corrida presidencial. O ex-presidente disse não entender o movimento dos correligionários nordestinos.
Além de Rui Costa, outro governador que considerou a possibilidade de o PT apoiar outro nome, o de Ciro Gomes (PDT), para o Palácio do Planalto foi Wellington Dias (PT), do Piauí.Informações do BNews.
Compartilhar:

sábado, 21 de julho de 2018

Região de Irecê: Seinfra divulga resultado de Concorrência para recuperação da BA- 052 - Distrito de Soares

Resultado de imagem para povoado de soares de américa dourada
pça do comércio em Soares -foto:reprodução

O Governo do Estado através da Secretaria de Infraestrutura divulgou hoje no DOE(21) o resultado da Concorrência de nº 041/2018 visando a escolha da empresa para a recuperação da rodovia BA- 799 no trecho BA- 052(lagoa dos Borges) com 12,10km. Confira

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA
Homologação
SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA

<#E.G.B#235743##263246>
RESULTADO - CONCORRÊNCIA Nº 041/2018 - SEINFRA
Objeto: Recuperação na rodovia: BA.799, no trecho: BA.052 (Lagoa dos Borges) - Soares, extensão 12,10 km. A Comissão Permanente de Licitação, em conformidade com a Lei Estadual 9.433/05 e disposições do Edital em epígrafe, informa o resultado da análise da Fase de Habilitação na forma a seguir:

LICITANTE
Classificação
Habilitação
Construtora J. Vicente Ltda
Habilitada
Perimetral Engenharia Ltda
Habilitada
Setel Construtora Ltda
Habilitada

O processo encontra-se à disposição dos interessados. Salvador/BA, 20/07/2018. Alexinaldo Negreiros da Silva/Presidente da CPL.
Compartilhar:

Processo Seletivo: Prefeitura de Teodoro Sampaio oferta 100 vagas do fundamental ao superior

Resultado de imagem para cidade de teodoro sampaio na bahia

a cidade fica 100 km de Salvador imagem:google

A Prefeitura Municipal de Teodoro Sampaio está com inscrições abertas para concurso público. Ao todo, são 100 vagas para todos os níveis de escolaridade. Para participar, os interessados devem realizar as inscrições no site Concepção Consultoria até o dia 13 de agosto. As taxas variam de R$ 30 a R$ 70.
Entre os cargos oferecidos para atuar nas diversas secretarias municipais estão agente de serviços gerais, assistente administrativo, engenheiro, técnico de enfermagem, vigilante e médico.
O processo seletivo consiste em provas objetiva e discursiva, exame de melhor qualificação e maior experiência profissional e exame médico admissional. Vale ressaltar que as provas estão previstas para o dia 16 de setembro.
Os aprovados atuarão em jornadas de trabalho de 20 a 40h semanais, com remunerações entre R$ 937,98 e R$ 10.364,57. A seleção tem validade de um ano.

fonte:IBahia
Compartilhar:

Eleições 2018: PSOL confirma Guilherme Boulos e líder indígena como vice

PSOL confirma Guilherme Boulos como candidato à Presidência
foto:reprodução
O PSOL confirmou neste sábado, 21, em São Paulo, o nome do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, como candidato à Presidência da República, para as eleições 2018. A chapa será composta pela líder indígena, Sônia Guajajara, que foi escolhida como vice.
Nas últimas semanas, Boulos se aproximou do PT em busca de apoio. PSOL estaria de olho no apoio do partido caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja impugnado pela Justiça Eleitoral.
No dia 9, Boulos e o presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, participaram de um colóquio promovido pelo Instituto Novos Paradigmas, em Porto Alegre (RS), cujo presidente do conselho é o ex-ministro Tarso Genro, uma das poucas lideranças petistas a romper o silêncio imposto pela direção partidária e falar publicamente sobre as alternativas do partido na disputa presidencial caso Lula seja barrado.
Além de Tarso, participaram do colóquio os deputados Maria do Rosário e Henrique Fontana, além do ex-prefeito de Porto Alegre Raul Pont. Segundo participantes, Boulos e Medeiros deixaram uma boa impressão entre os petistas. A repercussão favorável do encontro animou a cúpula da campanha de Boulos, que já fala em receber apoio de medalhões petistas caso Lula seja, de fato, impugnado.
Convenção. Participam da convenção deste sábado 61 membros do diretório nacional além de parlamentares do partido, de pré-candidatos aos governos estaduais, à Câmara dos Deputados, ao Senado Federal e às assembleias legislativas. A assessoria do PSOL também divulga a presença de militantes do MTST e de organizações indígenas.

fonte:Istoé
Compartilhar:

Eleições 2018: Confira as datas das convenções dos partidos na Bahia

Resultado de imagem para governadoria bahia
Prédio da governadoria - no CAB em Salvador- foto:google/reprodução
Na medida que se aproxima o dia 05 de agosto, prazo final para a realização das convenções partidárias, a correria nas siglas é grande para cumprir o que determina a legislação eleitoral.
Na Bahia, os partidos que tem candidatos ao governo do Estado, congresso e Alba já definiram as convenções partidárias.  Na Bahia, o partido que deu a largada foi o PTC. Confira os dias das principais siglas onde tem candidato ao Governo do Estado. 
PTC -  realizou ontem(19/07) -apoia o candidato do DEM José Ronaldo ao Palácio de Ondina.
REDE - 28/07 - Sábado  Pré-candidata ao governo do Estado: Célia Sacramento, ex- vice prefeita de Salvador.
PSOL - 29/07 - Domingo - Pré-candidato Marcos Mendes.
MDB - 01/08 - Quarta-feira - Pré-candidato o ex- ministro João Santana.
DEM -  03/08  -Sexta-feira - Pré-candidato José Ronaldo  ex- prefeito de Feira por 4 vezes.
PT -      04/08  -  Sábado -  O governador Rui Costa candidato a reeleição.
O ex- prefeito de Salvador João Henrique do PRTB que se lançou candidato ao Governo do Estado, mas não temos informações de quando será o dia da convenção. As convenções serão realizadas em Salvador.

Compartilhar:

EUA: Menos de 1/5 das crianças foram devolvidas aos pais imigrantes


Crianças, filhas de imigrantes ilegais apreendidos na fronteira com o México, são vistas no Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos, em McAllen, no Texas (US Customs and Border Protection/AFP)
O governo dos Estados Unidos devolveu aos pais 450 crianças imigrantes irregulares maiores de 5 anos que tinham sido detidas na fronteira com o México. O número representa menos de um quinto do total de mais de 2.500 menores separados de suas famílias pela política imigratória de “tolerância zero” do presidente Donald Trump.
A reunificação das famílias é resultado da determinação de um juiz federal de San Diego, que deu ao governo federal até o dia 26 de julho para devolver os 2.551 menores imigrantes, com idades entre 5 e 17 anos, separados dos responsáveis pelas autoridades americanas.
Documento apresentado na quinta-feira (19) ao juiz Dana Sabraw, o governo informou que, dos 2.551 menores nessa faixa de idade, 1.606 são elegíveis para serem reunificados aos pais, enquanto mais de 900 nomes não se enquadram na medida porque, entre outros motivos, os progenitores têm antecedentes criminais ou renunciaram a esse benefício.
Do grupo catalogado como elegível, 954 pais já passaram da etapa de investigação e poderão ser reunificados com seus filhos, enquanto outros estão à espera para serem entrevistados pelas autoridades federais ou foram libertados pelo Escritório de Imigração e Alfândegas (ICE) dos Estados Unidos.
No texto judicial, o governo federal informou que conta com ordens de deportação para 719 pais incluídos neste processo coletivo, elaborado pela União Americana de Liberdades Civis (ACLU).
O juiz Sabraw reconheceu hoje estar “muito impressionado” com o “grande progresso” feito pelo governo para cumprir o prazo estabelecido, pelo menos entre os menores que já foram considerados elegíveis.
Sabraw declarou inclusive que vê um panorama “promissor” para que se realize o total de reunificações a tempo e de maneira segura para os menores.
O magistrado ordenou ao governo em junho a reunificação dos cerca de 2.500 menores que foram separados dos pais após atravessarem a fronteira com o México como parte da política do presidente Donald Trump de “tolerância zero” em relação à imigração ilegal.
Na terça-feira passada (10) foi concluída a primeira parte do prazo dado pelo juiz ao governo para reunificar as famílias dos menores.
O governo deveria entregar 103 menores de 5 anos, mas, no fim, esse número ficou abaixo de 60 devido a medidas de segurança para as crianças, entre outros motivos, segundo as autoridades.
O magistrado havia determinado que nesta quinta-feira o governo federal entregaria um documento sobre as investigações e provas de parentesco feitas a fim de garantir que se entregasse no prazo estabelecido, e de maneira segura, todos as crianças maiores de cinco anos que foram “impropriamente separadas” dos pais.
O governo aceitou simplificar o processo e garantiu que entrevistaria os pais imigrantes ilegais em oito centros de detenção no país e, se não encontrasse nenhum risco, procederia às reunificações em um intervalo de até 48 horas.
Até hoje, o governo federal já reunificou 58 crianças menores de cinco anos e 450 com idades entre 5 e 17 anos.
Fonte: Veja c/ EFE/reprodção
Compartilhar:
Proxima  → Inicio

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.