sexta-feira, 10 de julho de 2015

NO TJ-BA:Comissionados da Câmara do Oeste custarão R$ 5,6 mil por ano

Comissionados da Câmara do Oeste custarão R$ 5,6 mi ao TJ-BA por ano
Foto: Divulgação/reprodução
A criação de 24 cargos comissionados para a Câmara do Oeste, do Tribunal de Justiça da Bahia, custará, por ano, R$ 5,6 milhões aos cofres da Corte. O projeto foi publicado nesta sexta-feira (10) no Diário Oficial do Legislativo e, de acordo com o texto, tem intenção de “atender às necessidades decorrentes da edição da Lei 13.217, de 30 de Dezembro de 2014, que ampliou para 61 o número de desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia”. Dos 24 cargos, 16 serão de assessores de desembargadores, símbolo TH-FC-2 e oito cargos de Assistente de Gabinete, símbolo TJ-FC-3. Em decorrência do projeto, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), convocou – para a semana que vem – uma sessão da Casa. 
A convocação foi feita a pedido do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Porém, segundo a coluna Tempo Presente do jornal a tarde os deputados baianos não receberão jetons  pela convocação extra. O jetom, que seria um direito dos parlamentares, significaria dois salários a mais para cada um. Ou seja: cerca de R$ 50,6 mil para cada um. Mas, de acordo com a coluna, os membros da AL-BA abriram mão para evitar um escândalo em época de crise econômica – apesar de Nilo já ter informado que não pagaria o valor mesmo que eles quisessem. Informações do BN.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.