quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Justiça:Desembargador que anulou júri do Carandiru manda prender homem por roubo de salame

Desembargador que anulou júri do Carandiru manda prender homem por roubo de salame
Processos foram relatados por Ivan Sartori | Foto: Reprodução
Um homem foi condenado por furtar cinco salames de um supermercado em Poá, na Grande São Paulo. O homem foi condenado pelo mesmo desembargador que anulou os cinco júris que condenaram 74 policiais militares acusados pelo massacre de 111 presos no Carandiru. 

O desembargador Ivan Sartori, além de anular o júri, votou pela absolvição dos policiais miliares. A decisão de condenar o homem por furto de salame foi proferida em julho deste ano. O princípio da insignificância, utilizado para descartar penalidades em casos de menor potencial ofensivo, não foi observado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

No ato da prisão em flagrante, ocorrida em 2013, o acusado Edson Castanhal Affonso, afirmou que estava desempregado e com muita fome, e por isso, furtou a mercadoria. O réu havia sido condenado em primeira instância a seis meses de prisão. O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) o denunciou por esconder o produto debaixo da blusa, na altura da cintura. Ele foi flagrado por um segurança do estabelecimento e levado à delegacia, onde confessou que realizou o furto por necessidade.

fonte:BN
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.