quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Salvador: Uma das vítimas do ataque na Caixa está em estado grave

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários, Augustos Vasconcelos, a funcionária Marinoélia, uma das vítimas do caso Caixa Econômica, onde um homem disparou tiros na tarde desta quarta-feira (21), está em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE).  Já Jucilene também segue no HGE, porém não corre risco de morte, de acordo com Vasconcelos. O sobrenome das funcionárias não foram revelados. 
 
Ele esteve presente na tarde desta quarta-feira (21) no edifício Empresarial 2 de Julho, na Avenida Paralela após o ocorrido. O homem identificado como Glei Mário de Lemos Leal, de 65 anos, atirou contra duas colegas, no 15º andar do Centro Empresarial 2 de Julho. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP), Glei estava trabalhando normalmente, quando levantou e começou a atirar nos colegas, em seguida, se matou.
 
 
Ainda não se tem detalhes sobre a motivação do crime, porém, conforme informações apuradas pelo Bocão News, o funcionário moveu um processo trabalhista em 2015 contra a Caixa Econômica. A última movimentação sobre o caso, que consta no portal do Tribunal Regional do Trabalho foi em 2006. Não há mais detalhes sobre o processo de número 01344007320055050013. 
 
Em nota enviada à imprensa, a Caixa informa que detalhes sobre o ocorrido serão repassadas exclusivamente às autoridades policiais e que está contribuindo com o trabalho de investigação e prestando suporte aos empregados e familiares envolvidos.
 
Fonte:Bocão News/c/ informações do repórter Diego Vieira/reprodução 
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.