terça-feira, 15 de dezembro de 2015

BH: Vice-prefeito diz que Mercadante condiciona verbas a apoio contra impeachment



 Foto:reprodução

O vice-prefeito de Belo Horizonte, Délio Malheiros (PV), gravou um vídeo denunciando que o prefeito, Márcio Lacerda (PSB), foi vítima de extorsão do ministro da Educação, Aloizio Mercadante (PT). De acordo com Malheiros, Lacerda ligou para Mercadante cobrando os repasses de mais de R$ 20 milhões pela construçao de Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) e foi surpreendido com a resposta do ministro, que se comprometeu a fazer os repasses previstos com uma condição: garantir os votos do PSB contra o impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff. 
O vídeo vem causando enorme repercussão e o prefeito chegou a desmentir a informação. Malheiros teria dito que confia no prefeito, mas que "eles fazem isso mesmo". O vice-prefeito ainda afirmou que a Educação não seria a única a ter dívidas com o município e cobrou dívidas do Ministério da Saúde. "O governo federal não tem limite para conseguir o que quer", disse ao Estado de Minas. "Acuam os prefeitos e os governadores", concluiu. Confira abaixo o vídeo com a denúncia do vice-prefeito de Belo Horizonte. Informações do Diário do Poder.



Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.