quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Dilma Rousseff diz que Temer é um "presidente decorativo"

  Resultado de imagem para dilma


Em entrevista a uma emissora da Venezuela, Dilma Rousseff utilizou boa parte do tempo para criticar o presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB). Ela disse que o peemedebista não tem política própria. “Ele apenas respalda a política do PSDB. Ele passou de vice-presidente decorativo a presidente decorativo”, disparou.

Rousseff utilizou o termo “desmantelado” para definir o grupo político do presidente. “Com as investigações de corrupção. Seis ministros dele pediram demissão por conta de corrupção, inclusive, ele está sendo investigado”.

Dilma Rousseff também falou sobre o processo de impeachment. “Eu acho que o golpe parlamentar tem dois componentes. Um, que é o principal, que é que nos interrompemos, em 2003, o processo de implantação do neoliberalismo, que havia sido implantado a passos largos pelo governo de Fernando Henrique Cardoso. Derrotamos por quatro vezes, a proposta neoliberal no Brasil. Eles aproveitaram a existência de uma crise, que nós tentamos evitar que ela acontecesse no Brasil e se uniram uma parte da oligarquia empresarial, a oligarquia política conservadora e a mídia. Se uniram e se aproveitaram desse momento”, disparou.
 
O jornalista venezuelano perguntou se “assusta o retrocesso que vive o Brasil depois do golpe parlamentar”.  “Assusta porque o Brasil, dos poucos passos para a redução da desigualdade, agora estamos assistindo uma ampliação da desigualdade com algumas medidas que são extremamente controversas. Hoje, estão apresentando um pacote que, simplesmente, diminui e reduz as garantias que ao longo dos últimos 50 anos se conseguiu para os trabalhadores brasileiros”, declarou a ex-presidente.

fonte:TribunadaBahia
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.