quinta-feira, 26 de julho de 2018

Bahia: Gov. diz que implantará sistema de reconhecimento facial para auxiliar na segurança pública


A situação do presídio de Feira de Santana, que está impedido de receber novos detentos, e uso de tecnologia para auxílio na segurança pública do estado da Bahia foram assuntos abordados pelo governador Rui Costa durante entrevista na manhã desta quarta-feira (25) no programa Acorda Cidade. Ele afirmou que o número de homicídios em todo o estado é alto e que a maioria dos crimes são motivados pelo tráfico e uso de drogas, de forma direta ou indireta.
“Estamos tomando medidas para reduzir o número de homicídios, estamos conseguindo isso ao longo dos 3 anos e meio. Esse ano, por exemplo, estamos com a redução expressiva no estado da Bahia do percentual de homicídios, comparando com 2017. Então temos conseguido progressivamente uma redução. O número ainda é muito alto, mas vamos continuar trabalhando”, destacou.
Rui Costa disse que entre as medidas para reduzir o número de crimes no estado está o uso da tecnologia. Segundo ele, a grande novidade é a implantação de um projeto piloto de rastreamento e monitoramento das cidades, além da implantação de um sistema de identificação das pessoas através da leitura facial.
“Vamos intensificar o uso da tecnologia. Queremos implantar isso em todo o estado. Quero ver se até setembro a gente apresenta a imprensa. Isso ocorre em vários países do mundo, onde as câmeras de monitoramento podem identificar o rosto de todos e fazer a identificação de quem cometeu algum crime ou tem mandado de prisão em aberto. Além disso, se em qualquer câmera aparecer a imagem de uma arma, de uma briga, poderemos identificar as pessoas envolvidas”, afirmou.
Fonte:Acorda cidade c/adaptações
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.