domingo, 22 de julho de 2018

Eleições 2018: Bolsonaro oficializa candidatura, mas ainda não tem vice


 pré-candidato à Presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro e o senador Magno Malta durante ato de filiação ao PSL foto: (Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress/reprodução)
Apoiadores de Jair Bolsonaro compareceram na manhã deste domingo à convenção do Partido Social Liberal (PSL), que oficializou a candidatura do deputado à Presidência da República. Entre eles, o senador Magno Malta fez um discurso inflamado, em que defendeu alterações na Constituição para mudar a composição do STF: “é preciso que ponha mais dez lá”. “Precisamos de pessoas que amem a família”, prosseguiu. Há três semanas, aconselhado por Malta, Bolsonaro também defendeu a ideia em público.
Magno Malta chamou Bolsonaro de “Presidente da República”. Prometeu lealdade a ele no Senado, atacou FHC, a quem classificou de “arauto da legalização das drogas” “que prega a união PSDB-PT” para “enfrentar o monstro Jair Messias Bolsonaro”. Também fez questão de ressaltar que o candidato do PSL tem “sangue nos olhos para emparedar vagabundo”.
O senador também minimizou os efeitos do anúncio de sua desistência de ser vice, afirmando que não abandonou o aliado e que seria mais útil no Senado. “Todas as minhas decisões foram tomadas junto com Bolsonaro”, disse.





fonte:Veja
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.