segunda-feira, 2 de julho de 2018

Ao Planalto: Ex- ministro Wagner diz que pleito de 2018 se tornou uma "doideira"

Wagner brinca que gostaria de encontro de Rui com Ciro
Foto: Enaldo Pinto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias



Sem candidatos completamente definidos para o Palácio do Planalto nas eleições de 2018, o ex-governador Jaques Wagner considera que o pleito se tornou "uma doideira". "Estamos a três meses da eleição e ninguém sabe quem são os candidatos. Essa doideira é consequência da interferência, da judicialização do sistema político. Estamos vivendo uma quebra da Constituição, porque ela pede a harmonia e o poder político é um dos poderes e está tudo trocado", reclamou Wagner, que defende a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Planalto. 

Encontro com Ciro

O ex-governador Jaques Wagner brincou sobre uma eventual aproximação do pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), com o atual morador do Palácio de Ondina, Rui Costa (PT). Ciro era considerado uma alternativa para a esquerda, caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja impedido de ser candidato nas eleições de 2018, porém iniciou uma série de conversas com partidos de centro-direita, o que pode inviabilizar uma aliança futura com o PT no plano nacional. "Eu até gostaria [de um encontro de Ciro com Rui]", brincou Wagner.

Segundo o ex-governador, não dá para falar eventuais consequências de uma aliança entre PDT e DEM no plano nacional na correspondência de forças entre PT e PDT na Bahia. "Não posso falar porque essa é uma decisão do PDT e eu não estou participando dessa negociação", indicou.

fonte:Informações do BN.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.