sábado, 19 de março de 2016

Vice Michel Temer quer imediato rompimento de Renan com Dilma

Dirigente diz que PMDB vai romper com o governo
A convenção do partido -foto :yotube/reprodução



O vice-presidente Michel Temer espera convencer os senadores Renan Calheiros (AL), presidente do Senado, e Eunício Oliveira (CE), que o substituirá, da necessidade de o PMDB seguir o seu próprio caminho, desligando-se do governo Dilma. O edital de convocação para a reunião da executiva nacional no próximo dia 29, assinado por Temer, aponta apenas um tema para ser discutido: o rompimento com Dilma. 
  •  
  •  

    A avaliação da cúpula é que o PMDB está unido, mas o rompimento com Dilma, apesar de consensual, ainda precisa ser pactuado.

    Calheiros hesita sobre o rompimento, em razão dos cargos que ocupa e a expectativa de verbas para o governo de Renan Filho, em Alagoas. 
  •  
  •  
    Renan não faz oposição há séculos, lembrado a doutrina do pai, Olavo: “Terno branco, dente de ouro e oposição só ficam bem nos outros...” Informações do Diário do poder.
    Compartilhar:
    ←  Anterior Proxima  → Inicio

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Pesquise

    Mais vistas

    Marcadores

    Seguidores

    Total de visualizações

    Tecnologia do Blogger.