terça-feira, 7 de março de 2017

Ensino Superior: Gov. Rui lança programa para atender estudantes das 4 universidades estaduais




    A UNEB faz parte do programa - foto:Sede do Campus XVI-Irecê-créditoW.Marcolino

Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (7) os editais do Programa Mais Futuro, que tem como objetivo promover a permanência e melhora do desempenho dos estudantes das universidades estaduais baianas.

“Esta iniciativa beneficia aqueles estudantes que mais precisam de políticas públicas para garantir sua permanência na universidade, o acesso ao estágio e a conclusão do ensino superior”, explicou o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro.

As inscrições para ter acesso ao auxílio permanência ou às vagas de estágio estão no site http://maisfuturo.educacao.ba.gov.br e seguem até 31 de março. Não haverá prorrogação do prazo.

O auxílio terá valor de R$ 300 ou R$ 600 mensais. O primeiro valor é destinado a universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem. 

Já o segundo é para aqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso.

No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado

Os estudantes que já estão na fase final do curso e atendem os critérios também podem ingressar no programa, já na fase do Estágio.

Educar para Transformar

O ‘Mais Futuro’ é um programa de assistência estudantil criado pelo Governo para garantir a permanência dos estudantes que se encontram em condições de vulnerabilidade socioeconômica, nas universidades públicas universidades públicas estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc).

A iniciativa integra o Programa Educar Para Transformar e tem como meta beneficiar nove mil estudantes universitários em condições de vulnerabilidade socioeconômica. 

Eles terão acesso a auxílio financeiro para dar continuidade aos estudos e evitar o abandono do curso superior por falta de condições de concluir a graduação. Segundo o governador, o Mais Futuro é um grande passo para a educação superior pública no estado e terá um investimento de cerca de R$ 50 milhões até o fim de 2018.


ACESSE O LINK ABAIXO PARA PREENCHER O CADASTRO





fonte:Acorda cidade c/adaptações
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.