sábado, 15 de julho de 2017

Maceió ganha escultura de Paulo Gracindo, na orla de Pajuçara

FAMILIARES DE PAULO GRACINDO EM INAUGURAÇÃO DE ESCULTURA EM MACEIÓ (FOTO: PEI FON/SECOM MACEIÓ)

Ao lado dos filhos do ator eternizado na história da dramaturgia brasileira por personagens como Odorico Paraguaçu, da novela O Bem Amado, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB) inaugurou nesta sexta-feira (14) a estátua de Paulo Gracindo, na orla da praia de Pajuçara.
A obra de arte assinada pelo escultor mineiro Léo Santana é a terceira da série de homenagens a grandes alagoanos, iniciada em 2015, quando Maceió completou 200 anos e ganhou estátuas de Aurélio Buarque de Holanda e Graciliano Ramos.
“A presença do meu pai aqui em Maceió agora é permanente, por mais que digam que ele nasceu no Rio de Janeiro, ele se considerava alagoano, falava de Maceió com muito amor”, disse o também ator Gracindo Júnior, filho de Paulo Gracindo, durante a inauguração da escultura em homenagem ao pai.
Para a família do ator, a homenagem destaca o amor que Paulo Gracindo tinha por Maceió. “As pessoas que passarem por aqui vão conhecer a história do ator além da fama, vão conhecer a alma”, contou Gracindo Júnior, que estava acompanhado das irmãs Teresa e Lucila.
VULTO ALAGOANO
O prefeito Rui Palmeira explicou a escolha do nome Paulo Gracindo. “Em 2015, para comemorar os 200 anos de Maceió, escolhemos Aurélio Buarque, Graciliano Ramos e Paulo Gracindo, alagoanos que merecem ser lembrados, nomes importantes da nossa cultura, para que as futuras gerações conheçam quem representou tão bem Alagoas, pelo país e pelo mundo. Paulo Gracindo nasceu no Rio, porque o pai era deputado e estava no Rio mas era alagoano. Viveu aqui até os 20 anos, quando foi tentar a vida como ator. É uma justa homenagem a este grande artista, que foi Paulo Gracindo”, acrescentou Rui.
ESCULTURA É TERCEIRA DA SÉRIE DE HOMENAGENS A GRANDES ALAGOANOS













O vice-prefeito, Marcelo Palmeira, ressaltou, também, que a homenagem a Paulo Gracindo é mais um atrativo turístico que Maceió oferece a quem visita a cidade. “Já temos essa bela orla de Pajuçara e agora a escultura é uma atração a mais para quem passa por aqui, seja turista ou maceioense. Vai ser uma maneira de divulgar nossa cidade e nossa cultura”, disse.
Vinícius Palmeira, presidente da Fundação da Municipal de Ação Cultural (FMAC), destacou o empenho da Prefeitura de Maceió de valorizar nomes importantes para Maceió e Alagoas. “Paulo era um filho da terra, que nos orgulha, ligado à história de Alagoas, com uma trajetória rica, um ator que tem o carinho do povo brasileiro, que traz consigo a história da dramaturgia. Hoje conseguimos realizar essa linda homenagem com os filhos de Paulo Gracindo, um ícone da cultura nacional”, pontuou.
O escultor mineiro Léo Santana demonstrou felicidade com o resultado de sua terceira obra da série de homenagens. “Muito feliz em voltar a Maceió com mais este trabalho, que vem do processo de retratar pessoas, através de fotos, de estudar vários aspectos da vida do personagem, sua obra artística, como falava, os gestos”, frisou.
A área onde a escultura foi colocada ganhará dois refletores, instalados pela Superintendência Municipal de Iluminação Pública (Sima). Além disso, o entorno do local recebeu serviços de jardinagem executados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds). (Com informações da Secom Maceió)

fonte:Diário do Poder
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.