terça-feira, 11 de agosto de 2015

Bahia: Estado vai fazer alterações no Planserv

 Balanço
 
O governo do Estado irá enviar para a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA) um projeto de lei que altera redução da idade limite de dependentes do Planserv, de 35 para 24 anos. A proposta, que deve ser encaminhada aos deputados esta semana, fará com que a Bahia entre em adequação ao regramento vigente de forma geral no país. Também haverá a unificação da tabela de agregados. Outra mudança está na contribuição do cônjuge, que terá reajuste de 10%, passando para 50% do valor da contribuição do titular.
 
O valor do Plano Especial, opcional para o servidor, passará de R$ 45,00 para R$ 65,00, o equivalente a uma consulta médica do Planserv. Além disso, para garantir a ampliação da rede de atendimento, o governo pretende objetivo consolidar o conceito de plano solidário, no qual a contribuição dos servidores é proporcional à sua faixa salarial, corrigindo distorções na tabela. 
 
Na atual tabela, sem reajuste desde 2011, o teto da contribuição atinge servidores que recebem até R$ 10.250,00. Hoje, a partir deste valor, a contribuição não tem modificações, gerando desigualdade entre o salário e o valor repassado para ter direito ao plano. 
 
om a nova tabela, esse teto ficará estabelecido em R$ 22.250,00, garantindo a equidade na contribuição, ou seja, quem recebe mais passará a contribuir mais. “São mudanças necessárias para garantirmos a saúde financeira do plano, mantermos o que já foi conquistado e ampliarmos a assistência, principalmente no interior do estado”, explica a coordenadora geral do Planserv, Cristina Cardoso. Dos 186.429 titulares do plano, 56% estão na faixa salarial de até R$ 3.750,00 e não terão reajuste. Para 32% dos beneficiários, o reajuste será de até 10%.  Informações do BN.

Imagem:reprodução
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.