sábado, 23 de janeiro de 2016

Eleições 2018: Dilma diz que considera Ciro de "forma especial"

Durante A reunião  do diretorio nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT) nesta sexta-feira (2) a presidente Dilma foi recebida aos gritos de “não vai ter golpe”. Declarou estar muito feliz em participar da reunião, por estar ao lado de companheiros que têm defendido a soberania nacional e compromisso com a democracia brasileira.
A presidente afirmou que considera Ciro de forma especial, e disse  que às vezes Ciro briga com ela, mas que ela sempre diz a imprensa que “não brigo com ele, por um motivo importante. A gente não briga com uma pessoa que demonstrou ao longo do meu convívio imensa lealdade e capacidade de luta”.
Antes da chegada da chefe de Estado, alguns pedetistas fizeram críticas à política econômica do governo, mas referendou, por unanimidade, a posição contrária ao impeachment. Antes de se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT), Dilma era filiada ao PDT.
Ciro também fez críticas ao processo de impeachment da presidente Dilma, mas mesmo assim, não poupou críticas ao governo.
O diretório consolidou também a defesa ao afastamento do presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Outro momento importante do evento foi a candidatura própria da legenda á Presidência da República em 2018, tendo Ciro como o nome mais defendido como aspirante, em coro pedetistas gritavam, “Brasil para frente, Ciro presidente”.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.