terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Renomado pesquisador afirma que não há comprovação de que Aedes aegypti transmita Zika

Pesquisador afirma que não há comprovação de que Aedes aegypti transmita Zika
Foto: Venilton Kuchler/ ANPr/reprodução
Primeiro pesquisador a identificar o vírus Zika na Bahia , o doutor em virologia Gúbio Soares afirmou ontem(18) que ainda é necessário comprovar a transmissão do microrganismo pelo Aedes aegypti. Desde as primeiras informações sobre a doença no Brasil, é comum a associação da transmissão ao mosquito que também é vetor da dengue e chikungunya. "Não tem uma comprovação em nenhum lugar do Brasil, e esses estudos têm que ser realizados com urgência. Se diz que é o Aedes aegypti, mas a gente precisa comprovar cientificamente", afirmou durante seminário realizado pela Fundação José Silveira (FJS) para discussão acerca da relação entre o Zika e microcefalia.

De acordo com o diretor do Hospital Santo Amaro, gerido pela FJS, o evento também teve o intuito de compartilhar com hospitais e profissionais as diferentes experiências com a doença que já atinge 496 bebês baianos, segundo boletim da Secretaria da Saúde do Estado. 

Fonte: BN c/adaptações.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.