sexta-feira, 15 de abril de 2016

Santo André: Grupo se finge de policiais da PF e invadem prédio de investigado na Lava Jato

Grupo finge ser da PF para fazer arrastão em prédio de preso da Lava Jato
Foto: Glauco Araújo / G1/reprodução
Um grupo de assaltantes fingiu ser da Polícia Federal para invadir o prédio em que mora o empresário Ronan Maria Pinto, dono do jornal “Diário do Grande ABC”, que foi preso na Operação Lava Jato. De acordo com o G1, os criminosos estavam vestidos como agentes e chegaram ao edifício, que fica em Santo André (SP), por volta das 5h30 desta quarta-feira (14) – horário em que usualmente a PF inicia as fases de operações. 

A polícia informou que ao menos 10 pessoas participaram do crime. Os assaltantes chegaram em dois carros e alegaram para o porteiro que fariam uma diligência no apartamento do empresário. O porteiro chegou a ser ameaçado de prisão por obstrução da Justiça caso não abrisse o portão. Assim que entraram no prédio, os criminosos renderam um casal e entraram em pelo menos três apartamentos. Segundo policiais civis, o grupo levou joias, dinheiro e os registros feitos pelas câmeras de segurança. Ainda não há informações sobre suspeitos. Informações do BN.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.