quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

EUA: Ex-funcionários processam CNN por racismo

DeWayne Walker alega que teve promoção preterida por nove vezes
Imagem:reproduçao
A rede de notícias CNN, dos Estados Unidos, está sendo processada por discriminação racial. Ex-funcionários da emissora alegaram que os homens negros que prestavam serviços para a empresa receberam classificações mais baixas em avaliações de desempenho da companhia.
Segundo a imprensa americana, a ação judicial é coletiva e está tramitando em Atlanta. De acordo com um relatório interno da “RH Diversity Trends”, os negros têm de esperar muito mais que os brancos para receberem promoções, mesmo tendo alcançado ótimos resultados em suas funções.
DeWayne Walker, um ex-funcionário afro-americano da CNN, é o responsável por iniciar o processo. O rapaz afirmou que teve sua promoção preterida por nove vezes no grupo.
Após a abertura do processo apareceram outras histórias envolvendo abuso de poder, vingança, retaliação e discriminação na emissora. A CNN, no entanto, ainda não se pronunciou a respeito do caso.
foto:BN
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.