sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Lava Jato: Delator da Odebrecht implica Temer e políticos baianos


Resultado de imagem para Temer Geddel e Lúcio Vieira Lima
O ex- ministro Geddel e o seu irmão dep. federal Lúcio foram citados-foto:reprodução/google

Desde o anúncio de concordância dos ex-executivos da empreiteira Odebrecht em aceitar a Delação Premiada na operação Lava Jato que uma parte da classe política brasileira não tem dormido.
Hoje(9) a imprensa traz notícias sobre uma das delações que estão sendo feitas que envolve além do atual Presidente da República Michel Temer mais 20 políticos, inclusive congressistas baianos, de diversos partidos. 
Na lista publicada aparecem os nomes com os seus codinomes que a empreiteira utilizava para repassar recursos conforme o delator.

Codinomes: 
Caju (Romero Jucá)  -PMDB
Justiça (Renan Calheiros) -PMDB
Índio (Eunício Oliveira) - PMDB
Babel (Geddel Vieira Lima) -PMDB
Primo ( Eliseu Padilha) - PMDB
Angorá  (Moreira Franco) -PMDB
Bitelo (Lúcio Vieira Lima) - PMDB
Botafogo (Rodrigo Maia) -DEM
Caranguejo (Eduardo Cunha ) - PMDB
Polo (Jacques Wagner)  - PT
Ferrari (Delcídio do Amaral ) s/partido 
Pino” ou “Gripado” (Agripino Maia) -DEM
Misericórdia (Antonio Brito) - PTB
Missa (José Carlos Aleluia) - DEM
Feia (Lídice da Mata)  - PSB

Acesse a matéria completa no link abaixo:


http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/12/1840131-odebrecht-levou-dinheiro-a-escritorio-de-amigo-de-temer-diz-delator.shtml 

fonte:Site folha e Bocão News c/adaptações
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.