terça-feira, 10 de julho de 2018

Salvador: Morre professor da Ufba acusado de constranger alunas

Em 2015, o professor foi acusado de fazer piadas homofóbicas e machistas - Foto: Reprodução | Google Maps
foto:reprodução
O professor de física da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Luiz Santiago de Assis, acusado em 2015 de constranger alunas da instituição com piadas homofóbicas e machistas, morreu no último dia 30. A causa e local do seu falecimento não foram informados.
O docente atuou no Instituto de Física da Universidade por mais de 30 anos. Ele dava aulas a estudantes dos cursos de física e engenharia e chegou a ser afastado por 60 dias das atividades acadêmicas.
Uma comissão de sindicância da universidade foi acionada para apurar as supostas declarações, que, segundo as acusações, teriam uma forte conotação sexual.
À época, o professor chegou a dizer que nunca teve envolvimentos amorosos com alunas: “Posso ter feito uma brincadeira ou outra, mas nunca diretamente a um deles".
Em nota, o diretor do Instituto de Física, Ricardo Carneiro de Miranda Filho lamentou o falecimento do professor que estava recém-aposentado, e afirmou que a comunidade do instituto se solidariza com seus familiares, amigos e colegas.Informações de atardeonline.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.