quarta-feira, 24 de agosto de 2016

CONFIRA AS NOTAS DE CORTE DA UFBA NO SISU 2015


Em 2015, estudantes que fizeram o Enem com intenção de passar nesse curso na Ufba precisaram de pouco mais de 25 pontos para ser aprovados do que os candidatos de 2014, quando a instituição adotou o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) como único meio de ingresso. Para 2015, as notas passaram de 713,84 para 739,56.
Computação é seguida de perto por Elétrica, Mecânica, Civil e de Produção – todas com um aumento de pelo menos 13 pontos. A sexta colocada tem menos da metade no aumento: Direito diurno, com um crescimento de pouco mais de 5 pontos. Medicina, tradicionalmente o curso com a maior nota de corte, oscila pouco: passou de 777,7 em um ano para 779,05 no ano seguinte. 
Explicação  

“As Engenharias têm sido mais procuradas cada vez mais porque há uma qualidade nos cursos da Ufba, principalmente se compararmos com outras (instituições) da Bahia. E Engenharia tem atraído mais gente porque é uma área promissora”, opina o pró-reitor de Ensino de Graduação da Ufba, Penildon Silva Filho.

Para ele, a estabilidade de Medicina ajuda a entender o motivo da alta das Engenharias, aliado ao fato de que o Sisu permite a inscrição de candidatos de todo o Brasil. “Medicina é estável provavelmente porque já tem um tempo que as pessoas que fazem tinham costume de fazer vestibular em vários lugares do país. Isso era mais feito nos cursos de elite econômica, mais procurados. Agora, com o Sisu, todos os cursos podem ser disputados pelo Brasil todo e, como isso  aumenta a concorrência, deve provocar um aumento das notas”.









Cursos de Exatas têm as maiores variações

Os cursos de Exatas continuam com as maiores variações nas notas de corte de outras universidades federais do estado. Nos campi da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) na Bahia, as Engenharias também se destacam. No caso da Mecânica, em Juazeiro, foram mais de 114 pontos exigidos do último candidato em 2016, comparado a 2015. 

Já em Civil e Elétrica, o crescimento foi de 40 pontos cada. Na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), o Bacharelado em Ciências Exatas e Tecnológicas também teve uma diferença de 104 pontos de 2014 para 2015.

Na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), a maior diferença, de 44 pontos, veio na área de Humanas: o mínimo para o curso de Direito em Juazeiro passou de 727,66 em 2015 para 771,89 em 2016. 

fonte: Correio da Bahia c/adaptações
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.