sábado, 25 de julho de 2015

Extremo Sul: Professor e radialista é assassinado com 11 tiros em Itamaraju






 Necropsia constata de Ivonaldo foi morto com 11 tiros e criminosos usaram duas armas na execução

Foto:Teixeira News/reprodução

O radialista e professor Ivonaldo Batista dos Santos, foi assassinado na noite de ontem(24)  às 19:30hs por dois homens em frente ao colégio modelo Luiz Eduardo Magalhães na cidade de Itamaraju, extremo sul do Estado da Bahia, e conforme  testemunhas os executores chegaram e saíram de bicicletas.
Segundo a perícia técnica, foram onze tiros que atingiram diversas partes do corpo do radialista, numa brutalidade tremenda, o crime foi presenciado por um mototaxista e dois jovens estudantes. Ivonaldo também era funcionário concursado da  Câmera Municipal de Itamaraju. O motivo do bárbaro assassinato ainda é apurado pela PC. Confira a reportagem completa no link abaixo do site Teixeira News.

 http://www.teixeiranews.com.br/necropsia-constata-de-ivonaldo-foi-morto-com-11-tiros-e-criminosos-usaram-duas-armas-na-execucao/

Fonte:Teixeira News.





Necropsia constata de Ivonaldo foi morto com 11 tiros e criminosos usaram duas armas na execução 25 de julho de 2015 em Destaques Comentários desativados O crime aconteceu no início da noite desta sexta-feira, dia 24 de julho e a vítima foi o radialista e professor universitário Ivonaldo Batista dos Santos, de 48 anos, que também era servidor concursado da Câmara Municipal de Itamaraju. Ele havia ido no início da noite para matricular-se numa pós-graduação da UNEB, que funciona no prédio do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, na rua Irmãos Andrada, bairro Jaqueira, da qual escola ele também já tinha sido professor do ensino médio. Mas durante a matrícula Ivonaldo descobriu que havia esquecido as fotografias e então ligou para um mototaxista e pediu que o mesmo fosse à sua casa, na rua Santa Catarina, no centro da cidade alta, buscá-las. Com a chegada do mototaxista ao colégio, Batista saiu da escola e foi ao portão buscar a encomenda e quando tirava o dinheiro do bolso para pagar a corrida, dois homens numa bicicleta pararam e começaram a atirar na vítima, que veio a óbito no local. Além do mototaxista, dois alunos que conversavam no rol de entrada da escola presenciaram a execução. O dinheiro do radialista caiu ao chão, bem como as fotografias que acabara de receber. Os criminosos fugiram na mesma bicicleta pela rodovia BA-489, a mesma que liga Itamaraju ao Prado e não levaram nada do comunicador. O crime aconteceu às 19h30 e por volta das 23h30 os peritos do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), liderados pelo perito criminal Paulo Libório, concluíram os trabalhos de criminalística legal no local do homicídio. Na manhã deste sábado, dia 25, os legistas do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), divulgaram o resultado na necropsia, sendo confirmado que o radialista Ivonaldo Batista fora assassinado com 11 disparos, sendo um no olho direito, dois no abdômen, cinco no braço esquerdo e três na perna esquerda. Com base nos projéteis extraídos do corpo, também foi comprovado que os pistoleiros usaram dois revólveres no assassinato, ambos de calibre 38. Motivação e autoria do crime são desconhecidas, apesar da Polícia Civil possuir pelo menos duas linhas de investigações que podem levá-la à elucidação do assassinato. O radialista Ivonaldo Batista, que apresentava o programa jornalístico matinal na Rádio Extremo Sul AM de Itamaraju, sempre foi uma das pessoas mais conhecidas e queridas da cidade, membro da Primeira Igreja Batista e irmão do renomado advogado trabalhista Agileu Batista, atual procurador jurídico da Prefeitura de Jucuruçu. Sepultamento O corpo de Ivonaldo Batista está sendo velado na 1ª Igreja Batista, na Praça Dois de Julho, no centro de Itamaraju. Às 15h será realizado um culto aberto à população e uma hora depois o corpo seguirá em cortejo para o Cemitério São Cosme e São Damião, onde será sepultado. (Por Ronildo Brito)

Leia mais em http://www.teixeiranews.com.br, Copyright © Teixeira News / 25-07-2015

Necropsia constata de Ivonaldo foi morto com 11 tiros e criminosos usaram duas armas na execução 25 de julho de 2015 em Destaques Comentários desativados O crime aconteceu no início da noite desta sexta-feira, dia 24 de julho e a vítima foi o radialista e professor universitário Ivonaldo Batista dos Santos, de 48 anos, que também era servidor concursado da Câmara Municipal de Itamaraju. Ele havia ido no início da noite para matricular-se numa pós-graduação da UNEB, que funciona no prédio do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, na rua Irmãos Andrada, bairro Jaqueira, da qual escola ele também já tinha sido professor do ensino médio. Mas durante a matrícula Ivonaldo descobriu que havia esquecido as fotografias e então ligou para um mototaxista e pediu que o mesmo fosse à sua casa, na rua Santa Catarina, no centro da cidade alta, buscá-las. Com a chegada do mototaxista ao colégio, Batista saiu da escola e foi ao portão buscar a encomenda e quando tirava o dinheiro do bolso para pagar a corrida, dois homens numa bicicleta pararam e começaram a atirar na vítima, que veio a óbito no local. Além do mototaxista, dois alunos que conversavam no rol de entrada da escola presenciaram a execução. O dinheiro do radialista caiu ao chão, bem como as fotografias que acabara de receber. Os criminosos fugiram na mesma bicicleta pela rodovia BA-489, a mesma que liga Itamaraju ao Prado e não levaram nada do comunicador. O crime aconteceu às 19h30 e por volta das 23h30 os peritos do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), liderados pelo perito criminal Paulo Libório, concluíram os trabalhos de criminalística legal no local do homicídio. Na manhã deste sábado, dia 25, os legistas do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), divulgaram o resultado na necropsia, sendo confirmado que o radialista Ivonaldo Batista fora assassinado com 11 disparos, sendo um no olho direito, dois no abdômen, cinco no braço esquerdo e três na perna esquerda. Com base nos projéteis extraídos do corpo, também foi comprovado que os pistoleiros usaram dois revólveres no assassinato, ambos de calibre 38. Motivação e autoria do crime são desconhecidas, apesar da Polícia Civil possuir pelo menos duas linhas de investigações que podem levá-la à elucidação do assassinato. O radialista Ivonaldo Batista, que apresentava o programa jornalístico matinal na Rádio Extremo Sul AM de Itamaraju, sempre foi uma das pessoas mais conhecidas e queridas da cidade, membro da Primeira Igreja Batista e irmão do renomado advogado trabalhista Agileu Batista, atual procurador jurídico da Prefeitura de Jucuruçu. Sepultamento O corpo de Ivonaldo Batista está sendo velado na 1ª Igreja Batista, na Praça Dois de Julho, no centro de Itamaraju. Às 15h será realizado um culto aberto à população e uma hora depois o corpo seguirá em cortejo para o Cemitério São Cosme e São Damião, onde será sepultado. (Por Ronildo Brito)

Leia mais em http://www.teixeiranews.com.br, Copyright © Teixeira News / 25-07-2015
Necropsia constata de Ivonaldo foi morto com 11 tiros e criminosos usaram duas armas na execução 25 de julho de 2015 em Destaques Comentários desativados O crime aconteceu no início da noite desta sexta-feira, dia 24 de julho e a vítima foi o radialista e professor universitário Ivonaldo Batista dos Santos, de 48 anos, que também era servidor concursado da Câmara Municipal de Itamaraju. Ele havia ido no início da noite para matricular-se numa pós-graduação da UNEB, que funciona no prédio do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, na rua Irmãos Andrada, bairro Jaqueira, da qual escola ele também já tinha sido professor do ensino médio. Mas durante a matrícula Ivonaldo descobriu que havia esquecido as fotografias e então ligou para um mototaxista e pediu que o mesmo fosse à sua casa, na rua Santa Catarina, no centro da cidade alta, buscá-las. Com a chegada do mototaxista ao colégio, Batista saiu da escola e foi ao portão buscar a encomenda e quando tirava o dinheiro do bolso para pagar a corrida, dois homens numa bicicleta pararam e começaram a atirar na vítima, que veio a óbito no local. Além do mototaxista, dois alunos que conversavam no rol de entrada da escola presenciaram a execução. O dinheiro do radialista caiu ao chão, bem como as fotografias que acabara de receber. Os criminosos fugiram na mesma bicicleta pela rodovia BA-489, a mesma que liga Itamaraju ao Prado e não levaram nada do comunicador. O crime aconteceu às 19h30 e por volta das 23h30 os peritos do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), liderados pelo perito criminal Paulo Libório, concluíram os trabalhos de criminalística legal no local do homicídio. Na manhã deste sábado, dia 25, os legistas do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), divulgaram o resultado na necropsia, sendo confirmado que o radialista Ivonaldo Batista fora assassinado com 11 disparos, sendo um no olho direito, dois no abdômen, cinco no braço esquerdo e três na perna esquerda. Com base nos projéteis extraídos do corpo, também foi comprovado que os pistoleiros usaram dois revólveres no assassinato, ambos de calibre 38. Motivação e autoria do crime são desconhecidas, apesar da Polícia Civil possuir pelo menos duas linhas de investigações que podem levá-la à elucidação do assassinato. O radialista Ivonaldo Batista, que apresentava o programa jornalístico matinal na Rádio Extremo Sul AM de Itamaraju, sempre foi uma das pessoas mais conhecidas e queridas da cidade, membro da Primeira Igreja Batista e irmão do renomado advogado trabalhista Agileu Batista, atual procurador jurídico da Prefeitura de Jucuruçu. Sepultamento O corpo de Ivonaldo Batista está sendo velado na 1ª Igreja Batista, na Praça Dois de Julho, no centro de Itamaraju. Às 15h será realizado um culto aberto à população e uma hora depois o corpo seguirá em cortejo para o Cemitério São Cosme e São Damião, onde será sepultado. (Por Ronildo Brito)

Leia mais em http://www.teixeiranews.com.br, Copyright © Teixeira News / 25-07-2015
Necropsia constata de Ivonaldo foi morto com 11 tiros e criminosos usaram duas armas na execução 25 de julho de 2015 em Destaques Comentários desativados O crime aconteceu no início da noite desta sexta-feira, dia 24 de julho e a vítima foi o radialista e professor universitário Ivonaldo Batista dos Santos, de 48 anos, que também era servidor concursado da Câmara Municipal de Itamaraju. Ele havia ido no início da noite para matricular-se numa pós-graduação da UNEB, que funciona no prédio do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, na rua Irmãos Andrada, bairro Jaqueira, da qual escola ele também já tinha sido professor do ensino médio. Mas durante a matrícula Ivonaldo descobriu que havia esquecido as fotografias e então ligou para um mototaxista e pediu que o mesmo fosse à sua casa, na rua Santa Catarina, no centro da cidade alta, buscá-las. Com a chegada do mototaxista ao colégio, Batista saiu da escola e foi ao portão buscar a encomenda e quando tirava o dinheiro do bolso para pagar a corrida, dois homens numa bicicleta pararam e começaram a atirar na vítima, que veio a óbito no local. Além do mototaxista, dois alunos que conversavam no rol de entrada da escola presenciaram a execução. O dinheiro do radialista caiu ao chão, bem como as fotografias que acabara de receber. Os criminosos fugiram na mesma bicicleta pela rodovia BA-489, a mesma que liga Itamaraju ao Prado e não levaram nada do comunicador. O crime aconteceu às 19h30 e por volta das 23h30 os peritos do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), liderados pelo perito criminal Paulo Libório, concluíram os trabalhos de criminalística legal no local do homicídio. Na manhã deste sábado, dia 25, os legistas do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), divulgaram o resultado na necropsia, sendo confirmado que o radialista Ivonaldo Batista fora assassinado com 11 disparos, sendo um no olho direito, dois no abdômen, cinco no braço esquerdo e três na perna esquerda. Com base nos projéteis extraídos do corpo, também foi comprovado que os pistoleiros usaram dois revólveres no assassinato, ambos de calibre 38. Motivação e autoria do crime são desconhecidas, apesar da Polícia Civil possuir pelo menos duas linhas de investigações que podem levá-la à elucidação do assassinato. O radialista Ivonaldo Batista, que apresentava o programa jornalístico matinal na Rádio Extremo Sul AM de Itamaraju, sempre foi uma das pessoas mais conhecidas e queridas da cidade, membro da Primeira Igreja Batista e irmão do renomado advogado trabalhista Agileu Batista, atual procurador jurídico da Prefeitura de Jucuruçu. Sepultamento O corpo de Ivonaldo Batista está sendo velado na 1ª Igreja Batista, na Praça Dois de Julho, no centro de Itamaraju. Às 15h será realizado um culto aberto à população e uma hora depois o corpo seguirá em cortejo para o Cemitério São Cosme e São Damião, onde será sepultado. (Por Ronildo Brito)

Leia mais em http://www.teixeiranews.com.br, Copyright © Teixeira News / 25-07-2015
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.