segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Estado não tem como garantir a PM no carnaval estendido,diz Rui Costa

O governador Rui Costa (PT) afirmou, na manhã desta segunda-feira (21), que o governo do Estado não tem condições de contribuir com o Carnaval de Salvador conforme calendário elaborado pela prefeitura. No próximo ano, a festa momesca terá seus dias e locais estendidos, conforme já anunciou a gestão municipal. 
Em entrevista à Rádio Metrópole, o líder baiano disse que o Estado não foi consultado sobre a possibilidade de aumentar os dias e locais da festa, principalmente porque, em um ano de crise, não há dinheiro suficiente para pagar horas extras a policiais militares, por exemplo.
“São 20 mil homens que trabalham no Carnaval. Você termina já retirando policiais de outras cidades e eu não posso retirar mais para reforçar mais dias e locais de carnavais e deixar a bandidagem solta no interio. Não há condições de colocar mais PMs, a não ser que a prefeitura assuma o custo dos policiais e pague as horas extras”, disse Rui Costa, ao informar que deve sentar ainda hoje com o prefeito ACM Neto (DEM) para tratar do assunto. Segundo o governador, o Estado gasta cerca de R$ 80 milhões com a festa na capital baiana e a maior fatia é para o pagamento de horas extras a policiais civis e militares. 
Fonte: Bocão News c/adaptações
Fotos:Bocão News

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.