sábado, 13 de junho de 2015

Salvador: PT rejeita proposta de rompimento com o PMDB

 Votação do Congresso do PT acaba com vaias
 Militância petista em Salvador - foto:reprodução

No encerramento do 5º Congresso Nacional do PT realizado desde a última quinta(11) na capital baiana, o partido rejeitou a proposta de  integrantes para que houvesse o rompimento da aliança com o PMDB, maior partido da base aliada no Congresso, apesar de o presidente da Câmera e um dos principais figuras do partido, Eduardo Cunha(PMDB) ter sido bastante hostilizado pelos militantes com o grito "Fora Cunha". 

O líder do governo no Congresso dep. José Guimarães do Ceará afirmou "não estamos defendendo Cunha" disse ao gritos. Já o deputado federal  Carlos Zarattini(PT-SP) chamou Cunha de "oportunista de ocasião".
 A resposta do presidente da Câmera não demorou muito ao tomar conhecimento do clima reinante no congresso em Salvador  ironizou e afirmou no seu Twitter " Quero agradecer as manifestações de hostilidade no congresso do PT. Isto é sinal que estou no caminho certo. Ficaria preocupado é se fosse aplaudido lá".


Fonte:Uol
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.