sexta-feira, 19 de maio de 2017

JBS diz que baiano João Bacelar atuou na compra de 5 deputados para votarem contra impeachment














DeLATOR DA JBS RELATOU À  PGR QUE ATUOU  COM BACELAR (PR-BA) PARA COOPTAR 5 PARLAMENTARES AO CUSTO DE R$ 3 MILHÕES CADA -FOTO:REPRODUÇÃO

O presidente da JBS, Joesley Batista, disse em depoimento que atuou juntamente com o deputado baiano João Carlos Bacela(PR) na compra de cinco deputados federais, ao custo de R$ 3 milhões cada um, para votarem contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.
Segundo Joesley, no dia 9 de abril de 2016, um sábado, uma semana antes da votação do impeachment na Câmara dos Deputados, ele se reuniu com Bacelar. Na ocasião, segundo o delator da JBS, Bacelar disse que ‘tinha conseguido convencer 30 deputados a votarem a favor de Dilma em troca de R$ 5 milhões cada um’.
Joesley, no entanto, diz ter concordado com a ‘compra’ de apenas 5 deputados no valor total de R$ 15 milhões divididos em parcelas.
No depoimento, o dono da JBS, porém, afirma que não lembra quais eram os parlamentares que receberam o pagamento.
Segundo ele, o dinheiro era distribuído por João Bacelar, e que só tinha conseguido repassar R$ 3,5 milhões.
Parte do pagamento – R$ 500 mil -, diz Joesley, ocorreu em março deste ano. 

Fonte:Diário do Pode
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.