terça-feira, 16 de maio de 2017

Em Oxford: Ex-governador Wagner diz que: "Vice só servem para tramar'; Senador Otto discorda "Fui vice dele e não tramei"


                          Otto e Wagner quando vice e governador da Bahia em 2013 foto: Aristeu Chagas do Bocão News/reprodução  
 

O ex-ministro da Casa Civil e atual secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner (PT), alfinetou o presidente Michel Temer (PMDB) e defendeu o fim do cargo de “vice” em todas as esferas da política.

As declarações do petista foram dadas durante participação em um debate no “Brazil Forum”, organizado nas universidades de Oxford e na London School of Economics (LSE). “Vice-presidente, vice-governador e vice-prefeito só servem para tramar. Vice é gasto de dinheiro, fórum de intriga e fórum de constituição de golpe”, criticou, fazendo alusão ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Wagner justificou a tese alegando que hoje o mundo possui tecnologias possíveis para que o governante possa tomar decisões em qualquer lugar do mundo, sem necessariamente haver a necessidade de um substituto sempre.

O ex-ministro, no entanto, admitiu que o PT falhou ao não fazer uma proposta de reforma política. Wagner ainda disse que a democracia está ameaçada no mundo inteiro, já que existe a desigualdade social é crescente. “Não existe democracia formal e institucional se a democracia social e o acesso à prosperidade não acontecer”, destacou.“Democracia é voto na urna, com erros ou acertos, a população corrige, as pessoas sabem escolher. Podemos não gostar da sua escolha”, completou.

Ele defendeu ainda a realização de mais consultas populares para a tomada de decisões importantes. ”No Brasil, se inventou que plebiscito e referendo são chavismo. A elite é que é egoísta e acha que consultar o povo é chavismo”, criticou, comparando o que acontece por aqui ao regime de Hugo Chávez e Nicolás Maduro na Venezuela. As informações são da Tribuna da Bahia.

Otto 

Foto:Gilberto Junior/reprodução Bocão news


O senador Otto Alencar (PSD) analisou o desabafo que o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), fez sobre a utilidade do posto de vice na hierarquia da administração pública.

Durante um evento na universidade de Oxford na Inglaterra, onde palestrou no último final de semana, Wagner chegou a dizer que "vice-presidente, vice-governador e vice-prefeito só servem para tramar".
“Ele estava se referindo à provável conspiração que o Temer fez contra a Dilma. Eu, por exemplo, acho que não teve golpe. O golpe foi dado em Dilma contra Dilma porque errou muito politicamente, administrativamente e ela mesma construiu a situação que ela teve.

Fechou os olhos e o diálogo com a Câmara, com o Senado. Perdeu completamente a sintonia das ruas com a sintonia dela e do governo dela”, declarou Otto, ao lembrar que manteve fidelidade às alianças que firmou quando foi vice-governador.
“Eu fui vice de Wagner, não conspirei contra ele. Leão não está conspirando contra Rui. Se o governador estiver forte, não há vice que derrube ele. Como a Dilma estava muito fraca, qualquer sopro, qualquer vento derruba um palácio”, completou.

Otto Alencar foi vice -governador de  Wagner no período de 2010-2014, quando se licenciou para ser candidato ao Senado nas eleições de outubro daquele ano.



fonte:Bocão News/Tribuna da Bahia c/adaptações
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.