sábado, 20 de maio de 2017

Homem acusa Salvador Trade Center de racismo por ter sido tratado como 'suspeito'


Homem acusa Salvador Trade Center de racismo por ter sido tratado como 'suspeito'
foto:divulgação

Um homem acusou a administração do Salvador Trade Center, localizado na Avenida Tancredo Neves, de racismo. Segundo a publicação no Facebook feita nesta sexta-feira (19) por um amigo, Márcio Dourado, morador do bairro do Nordeste de Amaralina, e seu irmão estavam sentados em um café do prédio. 

Eles foram abordados por um administrador do local, que pediu para eles sair por serem avaliados como suspeitos. "Márcio e o irmão ousaram sentar no Coffee Shopp e, na opinião do administrador do Trade Center, foram avaliados como suspeitos. 

A policia militar foi acionada, entraram no prédio e promoveram a conhecida abordagem aos "cidadãos de cor". Foram educados e zelosos mas o constrangimento foi inevitável", relata Cristiano Santos em uma rede social. Segundo ele, Marcio denunciou o caso em uma delegacia da região. Veja a denúncia publicada no Facebook:



foto:reprodução/facebook

Pai de 3 filhos, nível superior, esposo de advogada, ativista social e militante de causas humanitárias. Nada disso importa quando você é um negro do Nordeste de Amaralina e ousa tomar um café no Salvador Trade Center.
Márcio e o irmão ousaram sentar no Coffee Shopp e, na opinião do administrador do Trade Center, foram avaliados como suspeitos. A policia militar foi acionada, entraram no prédio e promoveram a conhecida abordagem aos "cidadãos de cor". Foram educados e zelosos mas o constrangimento foi inevitável.
Eles? Foram a delegacia denunciar a prática de injuria e constrangimento ilegal. Eu? Mobilizei amigos da imprensa e estou denunciando aqui. E você, vai ficar ai calado?!! #Traderacista#sernegroéfoda
16 mil
1,3 mil
16 mil
f
onte:BN c/reprodução
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.