sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Ação de segurança pode ter salvado vida de Demi Lovato, diz site

Cantora está internada há mais de uma semana em hospital em Los Angeles após sofrer suposta overdose: Como você viu aqui no ESTRELANDO, Demi Lovato sofreu uma suposta overdose e teve que ser levada às pressas ao hospital, onde foi medicada e permanece estável. E desde o acidente histórias de pessoas próximas à ela estão surgindo e mostrando que a cantora estava enfrentando uma árdua batalha diária. De acordo com a revista People, uma fonte divulgou que manter a sobriedade era extremamente difícil para Demi, que antes de sofrer a suposta a overdose havia completado seis anos sem consumir bebidas alcoólicas ou drogas. O veículo revelou que ela contava com a ajuda de sua equipe que, pelo bem dela, criava um bloqueio, tratando-a tal como uma criança o que fez com que ela tivesse apoio durante o tratamento. Porém com o passar do tempo Demi passou a ansiar por mais liberdade e assim começou a sair dos trilhos. Ela é muito nova e também tem uma personalidade muito rebelde. Ela não estava bebendo ou usando drogas no início, chegou a dizer que não conseguiria estar em festas. Depois achou que conseguiria lidar com isso mas é uma ladeira muito escorregadia. Agora o futuro da cantora ainda é muito incerto mas seus familiares estariam pensando a princípio somente em sua recuperação completa. Entenda, na galeria a seguir, tudo o que aconteceu com a cantora desde sua recaída até a overdose.
foto:reprodução
Demi Lovato permanece internada em um hospital em Los Angeles, nos Estados Unidos, se recuperando de uma suposta overdose sofrida no dia 24 de julho. Enquanto isso, a imprensa norte-americana continua desvendando como o susto aconteceu.
Na última quinta-feira, dia 2, o TMZnoticiou que a cantora estava em condições péssimas quando foi encontrada, que uma assistente achou que Demi estava morta, já um segurança da beldade agiu nos primeiros socorros e pode ter sido responsável por salvar a vida da artista. 
Fontes afirmaram que a assistente encontrou Demi Lovato deitada em sua cama, com sangue no travesseiro e aparentemente sem respirar. Logo após ouvir a assistente gritando que ela estava morta, o segurança entrou no cômodo e vendo a gravidade da situação tentou ajudar nos primeiros socorros, enquanto o serviço de emergência não chegava ao local. Ele teria limpado as vias aéreas de Demi, na tentativa de ajudá-la a respirar novamente, o que pode ser sido fundamental para o resgate. Quando os paramédicos chegaram, ela foi medicada com Narcan, que rever os efeitos de opióides. 
Reabilitação
Ainda de acordo com o TMZ, Demi já aceitou ir para uma clínica de reabilitação assim que tiver alta do hospital em que está internada. Ela deve ter alta a qualquer momento e seguir para uma clínica que ainda não foi revelada.
A família estava na expectativa de convencê-la a se internar e demorou alguns dias para consultá-la diretamente sobre o assunto, já que houveram muitas complicações no quadro de saúde da cantora.
 - Ela está saindo a qualquer momento, afirmou uma fonte ao site.
O Radar Online afirmou nesta sexta-feira, dia 3, que a alta deve acontecer dentro de 48 horas, afirmando ainda que ela seguirá direto para a clínica de reabilitação.
fonte:MSN/Estadão
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.