sábado, 30 de maio de 2015

Deflagração de greves ampliam dificuldades das Universidades Federais


 abre.jpg
  Imagem: reprodução
 
A deflagração de novas greves de professores e servidores nas Universidades Federais pelo país ao longo dessa semana tem causado preocupação aos alunos dessas instituições e por consequência a toda sociedade brasileira. 
São 63 universidades e em todas  com  problemas semelhantes  em 2015: Redução de repasses da União, servidores terceirizados com salários atrasados,contas com fornecedores, bolsas de assistência estudantil atrasadas e a falta de investimentos em infraestrutura tem sido o quadro das federais.
Na  nossa  UFBA, o quadro não é diferente, professores e servidores entraram em greve na última quinta-feira(28), ao ponto de em  recente entrevista, o prof. João Salles, Reitor da instituição admitir que tem de escolher "quem pagar primeiro" diante dos cortes realizados pelo Governo.

A revista semanal  ISTOÉ  traz na Edição de  nº 2374 de 30/05, uma reportagem sobre a atual situação. Vale a pena ler e refletir.

link da reportagem:

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.