quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Paralisação na UNEB: SEC afirma que mantém negociações com as Universidades


     Sede da UNEB - Campus XVI-Irecê


A Secretaria de Educação da Bahia (SEC) afirmou em nota que tem dialogado com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), além de manter o orçamento e os repasses regulares para as instituições de Ensino Superior do Estado.

Desde a segunda-feira (6), os professores da Uneb iniciaram uma paralisação que prometem levar até próximo sábado (11). De acordo com a categoria, o ato foi feito em manifestação contra a “crise orçamentária” que atinge a universidade. Segundo a Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), o estopim para a deflagração da paralisação foi a ameaça de corte das passagens intermunicipais dos professores, que dependem do recurso para que possam dar aulas nos campi do interior. 

Ainda conforme a Aduneb, o governo estadual vem impondo também contingenciamento no orçamento das universidades. A falta de orçamento ainda impediria a implantação de direitos trabalhistas dos professores, que têm tido promoções negadas e permanecem parados na fila de alteração de regime de trabalho. 


Confira abaixo a nota completa da secretaria:

“Em relação à mobilização dos docentes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), o Estado da Bahia esclarece que:
 

- As Secretarias do Estado dialogam com as universidades e dão tratamento isonômico a todas as categorias.
 

- Mantém o orçamento das universidades estaduais em R$ 1,4 bilhão. Os repasses estão sendo realizados dentro da disponibilidade financeira do Estado no contexto do orçamento geral das quatro instituições estaduais de ensino superior (IES).

- Em relação aos processos de promoção e progressão na carreira, esclarece que estão ocorrendo no âmbito de cada universidade, com gerenciamento próprio por cada uma delas. Tanto para docentes, quanto para técnicos administrativos

- Sobre o reajuste salarial, o Estado esclarece que, por força da arrecadação inconstante, as reposições lineares anuais estão suspensas.
 

- Durante o diálogo entre a universidade e o governo, ficou acordada a realização da seleção pública para contratação de novos professores e técnicos-administrativos, já autorizada, até a conclusão da elaboração do processo do Concurso Público.
 
- Em relação à Assistência Estudantil, informa que, através do programa Mais Futuro oferece auxílio financeiro e também oportunidades de estágio no setor público, para estudantes das universidades estaduais baianas, que estejam em condições de vulnerabilidade socioeconômica, assegurando, assim, a permanência desses estudantes nos cursos de graduação. O programa já atendeu 8.303 universitários, sendo a Uneb a maior detentora de bolsas de auxílio permanência e estágios.
 
- Com o programa Partiu Estágio atende universitários de instituições estaduais, federais e particulares situadas na Bahia, regularmente matriculados em curso presencial e que tenham concluído pelo menos 50% da graduação. Desde o seu lançamento, em abril do ano passado, já foram contratados mais de 6,4 mil jovens para atuarem no serviço público baiano.
 
- Quanto à compra de passagens, a Secretaria esclarece que a universidade possui autonomia na gestão e está submetendo processo pertinente às recomendações sobre o limite das distâncias, previstas no Decreto n°. 6.192 de 1997.”




fonte:BN c/adaptações
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquise

Mais vistas

Marcadores

Seguidores

Total de visualizações

Tecnologia do Blogger.